Associados

A Faria e Silva Editora busca um modelo distribuído e participativo de gestão de seus recursos e receitas, associando os profissionais envolvidos na produção de um livro ao resultado final das vendas, o que se dará de forma programática e não pontual.

Assim como hoje autores, ilustradores e tradutores (esses dois últimos com variações), recebem um percentual da receita do livro, isso passará a acontecer também com artistas gráficos, editores, revisores, gráficos e diagramadores. Todos os associados trabalharão não só pela qualidade, mas também pelo sucesso do livro.

Nada mais justo se pensarmos que uma boa revisão, uma boa diagramação, uma impressão e acabamento de qualidade e, principalmente, um projeto gráfico bonito e eficiente são fatores fundamentais para o sucesso de um bom livro.

Esse modelo se alinha com uma série de princípios que estão vindo com a modernidade tecnológica e sustentável, em que as pessoas querem mais autonomia, poder de decisão, envolvimento direto e participação permanente nos frutos de seus trabalhos.

Nada contra o modelo convencional, mas o mercado editorial também precisa se reinventar, assim como já está acontecendo em outras frentes de serviços e de produções industriais, com diversas experiências colaborativas que se multiplicam no mundo moderno. E a Faria e Silva Editora é somente mais uma delas.

Entre e fique à vontade!