Luis Fernando Vidal

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Luis Fernando Vidal Mendoza (Lima, 1943-1993), foi um destacado escritor, crítico, editor e professor da Universidad Nacional Mayor de San Marcos, onde estudou educação e literatura.

Em 1973 publicou seu primeiro livro: La Sombra Apetecida, segundo título da coleção de poesia Cuadernos Del Hipocampo, dirigida por Vidal e que mais tarde daria origem a livros de novos poetas peruanos. Em seguida, publica o livro de contos El tiempo não é, precisamente, uma garrafa de champanhe (Lima: Editorial Ames, 1977), a novela Sahumerio (Lima: Lluvia Editores, 1981), e organiza as antologias Cuentos Limeños 1950-1980 (Lima: Ediciones PEISA –Biblioteca Peruana 64, 1982) e Nuevo Cuento Peruano (Lima: Mosca Azul Editores, 1984), entre seus livros de perfil mais acadêmico.

Em meados da década de 1980, dirigiu as únicas duas edições da revista Garabato especializada em narrativas e muitos de seus textos críticos foram publicados em revistas especializadas como Lluvia, Hueso Hmero, Revista De Crítica Literaria Latinoamericana, entre outras.

Infelizmente, Vidal foi morto por atropelamento em dezembro de 1993. Aparentemente, deixou vários livros inéditos. Seus amigos e discípulos prestaram-lhe uma última homenagem por meio de uma edição extraordinária da revista Alma Matinal.

outros autores